top of page

NOITE ESCURA

Poesia de Raquel Rocha

Sinto aquele aperto

Conhecido aperto

Angústia sufocante.


Estou descendo

Que lugar escuro!

Temo não conseguir levantar.

Medo da insanidade

ficar imobilizada

Não conseguir me cuidar.


E muito esforço.

Preciso mesmo alimentar?


A noite chega...

Olho pra cama e temo:

Haverá força no amanhecer?

Acordo na madrugada e não busco nada.


O dia nasce...

Percebo noite na alma,

Medo de enfrentar a vida,

A via dolorosa

Que preciso lidar


Fico desconsertada,

Perdida,

Sem nenhuma ambição

Que me impulsione

A lutar.


E apenas suspiro fundo...


Muitos pacientes chegam até a Rede Volare vindo de uma condição desesperadora criada pela depressão.


Sentindo-se presos a uma noite escura sem fim, acreditam não haver esperança para sua situação. Porém, com ajuda terapêutica e a graça de Deus, é possível sair desses lugar.


Se você está vivendo algo parecido, estamos aqui para ajudar!

27 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page