Meu filho precisa de terapia?

Por Kelyenne Koběluš

Não há dúvidas de que uma grande preocupação da maioria dos pais seja o bem-estar dos seus filhos. Por vezes nos questionamos sobre quando, como e onde procurar ajuda para nossas crianças e adolescentes. Se por acaso você tem essa dúvida, podemos afirmar que a terapia também é importante para o desenvolvimento saudável do seu filho.


Mas quando procurar terapia para eles? Separamos algumas possibilidades para responder essa pergunta.

  • Quando houver mudança repentina e extrema de comportamentos;

  • Dificuldade em interagir com outras crianças;

  • Mudanças significativas no ambiente familiar (Divórcio dos pais, mudanças, morte de alguém próximo ou um animal de estimação);

  • Inquietação/ dificuldade em manter a concentração e acompanhar assuntos escolares;

  • Baixo rendimento escolar;

  • Traumas de infância;

  • Timidez excessiva;

  • Agressividade excessiva;

  • Hiperatividade;

  • Tristeza extrema e prolongada/ depressão;

  • Medo excessivo, a ponto de atrapalhar a rotina ou realização de tarefas;

  • Situações de abuso;

  • Regressão de comportamentos: fazer xixi na cama, regredir a fala....

Como funciona a terapia de crianças e adolescentes?

A terapia de crianças e adolescentes necessita muito do apoio e participação dos pais, e em alguns casos também é necessário a parceria com a Escola. Diferentemente da sessão do adulto a deles não acontece exclusivamente através da fala, necessita-se de recursos como jogos, brincadeiras, desenhos, histórias, entre outros recursos que auxiliam na expressão das emoções e pensamentos de forma lúdica, considerando as necessidades particulares de cada uma delas.


Kelyenne é terapeuta cristã da Rede Volare, graduada em Psicologia, Teologia e pós-graduada em Aconselhamento Cristão.

22 visualizações0 comentário